Standard FIFe

 

O Standard dos Bosques da Noruega foi aceite pela FIFe – Federação Internacional Felina na Assembleia Geral  em Paris a Novembro de  1977 e tem sido o ponto de referência desde sempre. Teve leves modificações em 1987, algumas novas características em 1993 e leves acrescentamentos em 2000. Em 2004 foi proposto em Assembleia Geral da FIFe a cor âmbar, uma cor considerada geneticamente como um derivado do preto. Esta proposta foi aceite e novas cores passaram a ser reconhecidas nos Bosques da Noruega, as variedades de âmbar e  de light âmbar.